Alicerce Bíblico

O corpo de Cristo em ação

Por Oswaldo Carreiro

Clique na imagem abaixo para ser direcionado ao vídeo.

Sermão pregado na IBCU no dia 30/07/2017.

 

Anúncios

O cristão e a pornografia

Por Nelson Galvão

O sinal para o intervalo tocou. Descemos como de costume para o pátio da escola. Mas, dessa vez algo estava diferente. Havia um conglomerado de rapazes no centro da quadra. Estavam todos organizados em uma roda com o foco no centro. Pensei que seria uma briga, mas davam risadas e faziam gestos e gracejos obscenos. Então, logo descobri do que se tratava, algum dos rapazes pegou a revista pornográfica do pai e trouxe para a escola. Foi o “evento” do dia!!!

Hoje com a tecnologia não existe mais esse tipo de “evento”. Isso porque não é mais novidade. A tecnologia facilitou o acesso à pornografia. Estar diante de imagens imorais é tão fácil quanto dar um click!

Nos últimos anos a pornografia cresceu tanto que se tornou uma das marcas sociais mais preponderantes. De acordo com reportagem do jornal britânico The Guardian, existe uma grande dificuldade de dados estatísticos em relação à pornografia. Entretanto, sabe-se que está por toda a parte. Segundo relatório existe proporção significativa de crianças e jovens que são expostos ou acessam a pornografia[1].

Agora, é um grande equívoco achar que os cristãos estão imunes a este mal. Não, existem inúmeros jovens e adultos, homens e mulheres, solteiros e casados dentro das igrejas que lutam silenciosamente contra este pecado. Esses cristãos sabem que a prática de perversões sexuais como a pornografia é errada. Entretanto, a despeito de seu conhecimento, ainda se deixam intoxicar.

Os efeitos nocivos dessa prática pecaminosa são inúmeros, dentre os quais destaco: degradação da mulher; degradação do sexo tal qual como criado por Deus; destruição do casamento e das relações entre pais e filhos. Sim, existe nas igrejas uma luta silenciosa contra a pornografia e muita gente tem perdido essa luta. Por isso, inúmeros casamentos naufragando, jovens com namoros promíscuos e que não conseguem crescer na caminhada cristã.

Diante disso, como lutar? Que armas temos à nossa disposição para lutar contra tamanha ameaça? A Palavra de Deus oferece auxílio para aqueles que lutam contra a pornografia e constitui-se na poderosa e efetiva arma de desintoxicação. Vejamos então como a Palavra de Deus nos orienta em relação a isso.

(mais…)

[Em Inglês] David Powlison fala sobre o passado, o presente e o futuro do Aconselhamento Bíblico

Dr. David Powlison compartilha sua perspectiva do passado, do presente e do futuro do Aconselhamento Bíblico. Ele oferece insights nos pontos positivos e também negativos que caracteriza o movimento.

Vencendo a tentação sexual

Por Eros Pasquini

Estudos na vida de José: vencendo a tentação sexual (Gn 39.1-20)

Tentação. Algo tão comum na vida de cada um de nós… mas como lidar com ela? O que é necessário para derrotá-la? Veja essa resposta tendo José como exemplo, um homem íntegro num contexto corrupto.

Fonte: Conexão Bereana

Quatro palavras que ajudam a definir o aconselhamento bíblico

O Novo Testamento faz uso de diversos termos para enfatizar o aspecto mais concentrado do “fazer discípulos”, o que chamamos de Aconselhamento Bíblico. Hoje vamos examinar quatro deles. Os significados e usos dessas quatro palavras nos ajudam a vislumbrar um ministério bem equilibrado, empenhado em ajudar pessoas a mudarem.

Parakaleo Primeiro, de acordo com o Dicionário Expositivo de Palavras do Antigo e Novo Testamentos (Vine’s), a palavra grega parakaleo significa “chamar para seu lado”, ou seja, “chamar para socorrer”. Ela é usada para todo tipo de ‘chamado’ que é intencionado a produzir um efeito particular, e daí decorre seus vários significados, como “confortar, exortar, desejar, chamar para”. O apóstolo Pedro usa essa palavra para alertar cristãos a se absterem das paixões da carne (1 Pedro 2.11), e o autor de Hebreus insiste que os crentes devem encorajar uns aos outros a serem fiéis a suas igrejas locais (Hebreus 10.25). O plano de Deus para transformação do nosso caráter pessoal sempre incluiu outras pessoas da comunidade da fé, pois o crescimento espiritual normal não acontece em isolamento, mas na companhia de outros.

Protrepo — Segundo, a palavra grega protrepo significa “impulsionar, incentivar, encorajar”. Por exemplo, quando Apolo desejava ir a Acaia, os irmãos “encorajaram” outros para o receberem com graça (Atos 18.27). Portanto, descobrimos que, de tempo em tempo e em vários níveis, todas as pessoas precisam estar motivadas para continuar avançando na jornada da aplicação das verdades bíblicas para sua vida.

>> Continue a leitura em ABCB

 

Follow Alicerce Bíblico on WordPress.com

Paul Tripp – Especial

Clique para ver os textos de Paul Tripp em Todah Elohim

Conexão Conselho Biblico

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Instagram

Quando tentado pelo pecado, onde fixar os pensamentos? #jesus Qualquer ensinamento que não se enquadre nas Escrituras deve ser rejeitado, mesmo que faça chover milagres todos os dias. — Martinho Lutero Uma vida de contentamento não é baseada no que uma pessoa tem, mas em quanto a pessoa depende de Cristo. — Stephen Bramer
(Baseado nas palavras de Paulo em Filipenses 4.) Por #Agostinho.